Dez anos trabalhando
por um país melhor

É possível transformar o Brasil por meio da política, formando líderes com comprometimento social e sólidas capacidades de gestão. É essa a ideia que move o CLP desde a sua fundação, há dez anos. Nesse período, formamos uma rede com milhares de pessoas de diversas áreas, dispostas a trabalhar e inovar para que essa mudança, tão necessária ao País, aconteça. Ensinamos e aprendemos, com iniciativas como o Master em Liderança e Gestão Pública e diversos cursos livres e customizados direcionados a líderes do setor público, do setor privado e do terceiro setor.

Criamos o Ranking de Competitividade dos Estados, que fornece dados para estimular e nortear os governos a adotar novas práticas. Promovemos debates e estudos e incentivamos movimentos em torno de temas específicos, como as reformas Política e da Previdência, porque entendemos que é necessário informar e incluir toda a sociedade civil nesse caminho que começamos a percorrer há uma década e que continuamos seguindo sabendo aonde queremos chegar: a um Brasil mais justo e transparente, com um Estado que consiga superar as crises e tenha condições estruturais de promover um crescimento duradouro e sustentável.

Com este relatório digital, nosso objetivo é celebrar os dez anos do CLP, além de agradecer e refletir sobre o nosso sonho de País, que envolve a construção de um novo Brasil, principalmente no que diz respeito à reconstrução da identidade do que é ser gestor público, com transparência, seriedade e ética.

poder transformador

Gestão e política têm de andar juntas para que a transformação aconteça. Para a primeira, é preciso fornecer o conhecimento, a metodologia, as ferramentas e as bases éticas que a tornem possível. À segunda, é necessário fazer entender que a melhoria dos serviços públicos não apenas faz a sociedade evoluir, mas ajuda a dar continuidade para os projetos da própria política. Se ambas se complementam, é possível entender os problemas estruturais e agir para resolvê-los.

“O maior feito da minha gestão foi transformar Olímpia (SP) em uma estância turística. Conseguimos fazer com que essa transformação fosse um projeto da cidade, e não de uma gestão apenas. Ninguém transforma uma cidade em apenas quatro ou oito anos.”

Eugênio Zuliani

Aluno do MLG

Luiz Felipe d'Avila

Cientista Político e Fundador
do CLP

Luana Tavares

Diretora-executiva do CLP

Humberto Dantas

Cientista Político e Coordenador do MLG

O projeto Qualificação da Gestão da Saúde teve

como objetivo dotar a Secretaria de Estado de

Saúde do Espírito Santo de competências essenciais

de gestão. Alguns resultados significativos

alcançados pelo projeto já despontam. Entre eles,

observam-se importantes melhorias na qualidade

da gestão, por meio do monitoramento de

indicadores estratégicos; do desenvolvimento de

equipes; e do fortalecimento de lideranças.

Ricardo Oliveira

Secretário de Estado de Saúde
do Estado do Espírito Santo

Ana Maria Diniz

Presidente do CLP e Presidente do Conselho do Instituto Península

Roberto Setúbal

Conselheiro do CLP e Presidente do Conselho do Itaú Unibanco

Fabio Ono

Diretor de Desenvolvimento de Lideranças do CLP

Heron Carvalho

Coordenador de Produtos Escaláveis do CLP

Flávia Bedicks

Analista de Mobilização do CLP

“Após a implementação do Plano para Tratamento do Passivo, a base de dados de cadastro de hospitais na ANS está mais atualizada, permitindo ações de monitoramento e agilizando o processo de fiscalização [...]. Atualmente, a defasagem entre o pedido e sua análise é bem menor que antes da iniciativa.”

Karla Coelho

aluna do MLG – Turma 3
e diretora da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

verdadeiros líderes

As lideranças que visualizam um futuro melhor e conseguem engajar as pessoas são preciosas, por isso, estão no foco de nossa atuação. Entretanto, para conseguir resultados efetivos e que criem um legado transformador, um líder precisa entender todos os ecossistemas social e político antes de criar estratégias contundentes. Educar gestores públicos e de outros setores de uma maneira adaptativa e inovadora possibilita que o País avance, levando consigo tradições e valores importantes, mas deixando para trás o que impede a superação dos desafios.

Ninguém faz nada sozinho. Se as mudanças não

permanecem com a saída [de governo], é porque

não era liderança, mas autoridade.

A verdadeira liderança deixa legado, provoca

mudanças comportamentais.

Maria Gertrudes Oliveira

aluna do MLG – Turma 3

Ronald Heifetz

Professor de Harvard e Especialista em Liderança Adaptativa

Tadeu Barreto

Economista, professor do CLP e especialista em gestão de pessoas no setor público

“Os líderes também precisam sair de suas zonas de conforto. Mudança se faz de pessoas, com pessoas e para pessoas, e o papel do líder nesse processo de transformação é fundamental.”

Andreia Crocamo

aluna do MLG – Turma 3
e gerente da área de políticas
públicas do Sebrae/RJ

Vania Marçal

Aluna do MLG – Turma 4, gestora governamental da Secretaria de Gestão e Planejamento do Estado de Goiás

Janine Zaiden

Aluna do MLG – Turma 2, atuou no projeto Goiás Mais Competitivo e Inovador

Eduardo Deschamps

Aluno do MLG – Turma 2, Membro do Conselho Nacional de Educação e Ex-Secretário de Educação de Santa Catarina

Cleinils Rodrigues

Aluno do MLG – Turma 2

“Trabalhar pelo coletivo significa, antes de tudo, saber ouvir. E decidir pelo que é certo e justo, não pelo que é cômodo. Nem sempre o melhor caminho é o mais fácil, mas se você souber escolher, seu povo sempre estará ao seu lado.”

Ana Paula da Silva

prefeita de Bombinhas (SC)

O gestor público como agente de mudança

É lugar-comum dizer que a máquina pública tem muitos problemas. Apesar disso, o que fica escondido sob esse manto de descrédito é o fato de que há muitas pessoas capacitadas e comprometidas trabalhando no setor. Melhorar a gestão pública também passa por resgatar a imagem do funcionalismo público, trazendo-o para perto da gestão privada e da sociedade civil a fim de que as boas práticas sejam, ao mesmo tempo, fiscalizadas e incentivadas.

Sérgio Mendes

Aluno do MLG – Turma 4,
Subsecretário de Estado na Secretaria Estadual de Ambiente do Rio de Janeiro (RJ)

Fabio Barbosa

Presidente do Conselho do CLP

Letícia Piccolotto

Conselheira do CLP e Presidente Executiva da Fundação BRAVA

“Existe muita gente boa na administração pública. O que precisamos é entender as falhas nos processos de se fazer política pública de qualidade, para que, com facilitação da tecnologia e capacitação, esses bons profissionais sejam capazes de promover mudanças em suas localidades.”

José Rodolfo Fiori

aluno do MLG – Turma 1,
professor e consultor na rede
do CLP e fundador da Muove Brasil

A ‘Central de Resultados’ nos trouxe mais

qualificação da informação e da tomada de

decisão em diversos níveis, propiciando um

governo baseado em evidências.

Janine Zaiden

aluna do MLG – Turma 2

Ana Carla Abrão

Economista, Ex-Secretária
de Fazenda de Goiás (GO)

Luiz Fernando Figueiredo

Apoiador do CLP, Sócio-fundador da Mauá Capital e ex-diretor de Política Monetária do Banco Central (BC)

Eduardo Mufarej

Conselheiro do CLP, Fundador da
SOMOS Educação e do RenovaBR

“O estudo técnico sobre a realidade fiscal de Poá (SP) apresentou índices relacionados à ineficiência do gasto público e construiu um plano de ação que garantisse o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal.”

Larice Stefan Peters e Luciana Nicola

alunas do MLG – Turma 3

Mobilização e consciência

A descontinuidade das políticas públicas pode ser tão nociva quanto a corrupção. Fazer o gestor público entender que precisa manter o que há de bom, corrigindo aspectos danosos, é essencial para conseguir implementar mudanças estruturais. Iniciativas que melhorem o acesso da população à informação, junto com a mobilização de diferentes movimentos, ajudam a criar uma agenda mais transparente e efetiva para o País, focando no que impede o nosso desenvolvimento.

José Serra

Senador

Entendi que esse aumento de interesse da população pela política era a porta aberta que precisávamos para começar a levar conhecimento a milhares de brasileiros.

Diego Calegari

aluno do MLG – Turma 3
gestor do programa Cidade Humana
e Inteligente, da prefeitura de Joinville (SC),
e fundador do Politize!

Entendi que esse aumento de interesse da

população pela política era a porta aberta que

precisávamos para começar a levar conhecimento

a milhares de brasileiros.

Diego Calegari

aluno do MLG – Turma 3
gestor do programa Cidade Humana
e Inteligente, da prefeitura de Joinville (SC),
e fundador do Politize!

Luciana Burr

Co-líder do Comitê de Políticas Públicas do Grupo Mulheres do Brasil e parceira do CLP na causa da Reforma Política

Adriano Pitoli

Sócio-Diretor da área de Análise Setorial e Inteligência de Mercado da Tendências Consultoria Integrada e parceiro do Ranking de Competitividade dos Estados

Ana Marina de Castro

Gerente de Mobilização do CLP

Maria Silvia Bastos Marques

Conselheira do CLP e Presidente do Goldman Sachs

Reynaldo Fernandes

Professor titular de economia da Universidade de São Paulo, ex-presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e co-criador do IDEB e do IOEB

“Em dois contextos diferentes, minha atuação foi mobilizar pessoas para que mudassem a forma como estavam trabalhando há anos, mostrar como havia gastos ineficientes e dialogar com as instituições para encontrar soluções que fossem legitimadas por todos.”

Maria Tereza Paschoal de Moraes

aluna do MLG

“A inspiração para o projeto Renova Previdência surgiu do entendimento da importância de organizar a sociedade civil para trabalhar a favor do tema. Para isso, abordamos mais de cem parlamentares. Conseguimos convencer vários deles a repensar opinião, apresentando dados e fatos.”

Cecilia Moura

ex-CEO do Lide, membro do Renova Previdência
e responsável pelas relações institucionais
do Partido NOVO

O Brasil dos nossos sonhos

José Fucs

Jornalista

Com a economia e a política repetidamente em crise pode ser difícil imaginar um futuro mais brilhante. Alterar esse ciclo, porém, não é uma utopia: há meios para alcançar esse objetivo, e o CLP acredita que formar lideranças e incentivar a mobilização são dois pilares para essa evolução, que tem o indivíduo como agente central na tarefa de renovar e fortalecer as instituições democráticas. Temos orgulho em ser uma instituição que oferece ferramentas para concretizar sonhos, sem os quais a realidade não pode ser transformada.

Antonio Carlos Pipponzi

Apoiador e membro do Comitê de Mobilização de Recursos do CLP e presidente do Conselho da Raia Drogasil

Manoel Lemos

Conselheiro do CLP e sócio da RedPoint Eventures

Confúcio Moura

Ex-governador de Rondônia

Precisamos desburocratizar

a máquina pública e olhar mais

para a inovação na gestão pública.

Adriano Boff

diretor de Promoção do Investimento
e Sala do Investidor no Rio Grande do Sul

Ricardo Patah

Presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores) e parceiro do CLP na causa da Reforma Política

Lucia Dellagnelo

Coordenadora da IIEB (Iniciativa para Inovação na Educação Brasileira)

Precisamos deburocratizar a máquina pública e olhar mais para a inovação na gestão pública.

Adriano Boff

diretor de Promoção do Investimento
e Sala do Investidor no Rio Grande do Sul